[RP] LIVING LOUDER

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Sab Jul 04, 2015 5:45 pm

LIVING LOUDER
Na quadra de basquete, como muitas vezes, não há ninguém a não ser pelo garoto de rosto melancólico - está envolto em pensamentos. Ander joga basquete com as sombras e, então, um segundo garoto aparece: Luke, um Pacífico. Esta RP se passa 13 (treze) dias após a festa de boas vindas. Tem o sol da tarde e o tempo um tanto frio. Ah, o conteúdo é livre.



● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Sab Jul 04, 2015 6:26 pm

living louder;
If today's the day I die, lay me down under the lights. Let me fall in love, let me save a life. And let me lose my voice singing all my favorite songs. Let me stare up at the stars.
 Nunca gostou de esportes em grupos, mas nunca teve uma explicação boa suficiente para salva-lo das aulas de educação física. Agora, entretanto, entende. Agora faz sentido as confusões e pensamentos engraçados; ou até mesmo os ápices dos lances e a queda drástica. Todo jogo em equipe necessita interação – e essa é base de sua habilidade. Por isso prefere a quadra quando está vazia. Somente ele e a bola laranja de basquete. Sua respiração ofegante e corridas e desvios de oponentes imaginários. Então, volta à sua cesta. Os joelhos dobram e esticam; nem sempre é cesta.

Faz um bom tempo desde que está ali, assim. E apesar de distraí-lo, ainda sente-se bagunçado, afinal, é com raiva que tenta acerta a bola dentro do aro. Popularmente, ele está puto – e isso, mais que qualquer coisa, incita adrenalina. Há uma bomba de energia que quer adoraria explodir na cabine que notou ter logo acima, mas libera no jogo (ou quase isso). Ander diminui a corrida até que para. O som da bola quicando, por sua vez, continua a ecoar. Com as costas da mão, ele afasta a franja da testa; depois, puxa a camisa que cola em seu peito em algumas áreas. Ele fecha os olhos uma vez que segura a bola no ar, com ambas as mãos, e deixa a cabeça cair para trás. Suspira audível, um ganido como de animal.

Como se levado um choque – o quê não é mais possível, uma vez que perdera o dom de Alexis -, há uma mudança drástica nas ações: a bola é jogada no chão com um grunhido, seguido de um grito gutural. A bola vai alto e para algum lugar qual ele não presta atenção, pois está ajoelhado no chão, as pontas dos pés dobrados. Ele senta sobre os tornozelos e enfia o rosto nas mãos. É mais fácil deixar o cabelo para trás uma vez molhado pelo suor. E então, ele nota a presença de alguém – o quanto ela viu? Um lado seu se importa, o lado que ainda lembra de como é ser livre. O outro não dá duas porras sobre. De qualquer maneira,  o quê o faz não olhar é o simples motivo de não querer ser correspondido. É o simples motivo que o leva a querer ficar sozinho enquanto joga: evitar interações.

Citados: Alexis | Com: Luke Evans | Note: O título é pq é uma música que tava tocando k | Note²: desculpa qualquer erro


● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Luke Evans em Dom Jul 05, 2015 12:06 am



The Mysterious Boy
Are you Alright?
 
Naquela tarde fria e silenciosa, caminho por entre os corredores da prisão que atualmente era meu lar, algo um tanto incomum para alguém como eu, que na maior parte do tempo ficava trancado na cela, só saindo dela quando necessário. Manú estava descansando um pouco, e além de não querer incomodá-la, eu precisava caminhar para pensar.

Arrumo o cachecol em meu pescoço, puxando-o um pouco para cima com a intensão de deixá-lo próximo aos lábios, então esfrego as mãos uma na outra em uma tentativa de aquecê-las, pelo menos um pouco conforme continuo caminhando sem ter um rumo específico em mente. Em alguns minutos chego aos arredores do ginásio, de onde ouço o som que parecia ser de uma bola de basquete batendo contra o chão, além de alguns passos.

Apreço um pouco os passos e vou até o local de onde os tais sons vinham, e acabo me deparando com um único garoto, que corria pela quadra - aparentemente se desviando de adversários invisíveis - e tentava acertar a bola no aro. Permaneço observando-o por alguns instantes, sentindo algo semelhante a solidão vindo do mesmo, mas não consigo identificar se aquilo era apenas uma suposição minha ou meu dom mostrando os reais sentimentos dele.

De repente, há uma mudança drástica em suas ações, fazendo com que o garoto jogasse a bola fortemente contra o chão e soltasse um grunhido, seguido de um grito. Aquilo definitivamente me assustou, principalmente quando o maior caiu de joelhos no chão e colocou as mãos no rosto, o que fez com que eu imediatamente corresse em sua direção. - V-Você está bem? - Pergunto com um tom de preocupação em minha voz, assim que chego até ele. Ajoelho ao seu lado e penso em tocar sem ombro com a destra, mas paro a apenas alguns centímetros antes de fazê-lo, não tendo certeza se deveria invadir seu espaço pessoal daquela forma, desistindo da ideia.

The Beauty is in the Eyes of the Beholder.

@Lilah
avatar
Luke Evans
Pacific
Pacific

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 20
Localização : Oblivion

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
93/100  (93/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Dom Jul 05, 2015 9:37 pm

living louder;
If today's the day I die, lay me down under the lights. Let me fall in love, let me save a life. And let me lose my voice singing all my favorite songs. Let me stare up at the stars.
 Não espera que o outro chegue tão perto, e por isso se assusta. Bom, ao menos disfarçou bem somente afastando o tronco discretamente. Ander perdura o olhar no chão, mas a tentação de olhar o dono da voz preocupada é gigante – e há quanto tempo que ele não ouve esse tom de voz? Com tal sentimento? Ao menos acha que se trata disso.

 A verdade é que, de algum jeito, ele passou a questionar a existência de alguém que se importe consigo. Afinal, está em um lugar onde o ’eu’ parece ser mais importante, porque é cada um por si; cada um a fim de sobreviver. Ou não. Talvez seja só ele quem tem tal ideia. No momento, entretanto, ele tem outras prioridades para seu cérebro: pensar em como responder ao garoto sem que aja interação. Por isso, demora um tempo calado – tempo que ele também reza que seja suficiente para o outro cair fora -, só que ele não quer sair de mal educado para quem, pela primeira vez, perguntou de verdade se ele está bem. "É..." Responde e segue por tentar molhar os lábios secos pelo tempo. Sente aquecido por dentro, mas o tempo qual está sem correr é suficiente para voltar a sentir o frio.

 E tem aquelas fumacinhas, grosseiramente falando, que sai por entre os lábios quando ele respirar. Ander ergue o rosto e sobrancelha para o outro garoto ali: é baixo e troncudo. Rosto de traços fortes para olhos que passam quase... sutileza. Luke Evans., agora ele sabe. E agora também sabe um pouco mais. Aí está sua habilidade à tona, qual será a dele? "Eu só... Precisa, sabe, por para fora." Ander tenta uma desculpa e sorrir de canto, mostrando um pouco dos dentes. Está rindo, no fundo, de quão ridículo deve ter sido a cena. Ele funga e volta a passar os dedos por entre os fios, penteando-os para trás mais uma vez. "Me sinto um pouco melhor."


Com: Luke Evans | Note: desculpa qualquer erro



● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Luke Evans em Seg Jul 06, 2015 3:02 am



The Mysterious Boy
What's Happened?
 
O silêncio que se instalou entre nós perdurou por algum tempo, o que resultava em uma maior preocupação de minha parte, pois o rapaz estava cabisbaixo e sequer demonstrava alguma reação que eu pudesse perceber. Questiono-me mentalmente o que estava acontecendo com ele, até que sua voz surge em uma breve resposta, ou ao menos no início de uma.

Fito o maior em silêncio, ponderando novamente levar a destra ao seu ombro, mas definitivamente desisto da ideia, lembrando que eu nem o conhecia, logo, não tinha intimidade alguma com ele para ter o direito de fazer aquilo. Mantenho meus olhos atentos sobre o moreno, até que o mesmo levanta a cabeça, e nesse momento seus olhos encontram os meus, olhos estes que eram extremamente expressivos e pareciam estar inchados - como os de alguém que acabou de chorar até ficar sem lágrimas. Esta foi a característica que mais me chamou a atenção em seu rosto.

Sua resposta, inicialmente me deixou um pouco confuso, mas entendo perfeitamente que ele poderia estar se atrapalhando um pouco por causa do nervosismo, situação pela qual eu passava com certa frequência. Apesar de tudo, eu ainda não sabia exatamente o que havia acontecido com ele, mas seu sorriso fez com que eu instintivamente espelhasse o gesto, sorrindo de volta. Era bom ouvi-lo dizer que estava bem, mesmo que eu não tivesse nenhum vínculo com ele.

- Que bom que está melhor. - Profiro com meu típico tom de voz calmo e sereno, demonstrando sinceridade e ainda um pouco de preocupação. - M-Mas... O que aconteceu? - Não pude deixar de perguntar, pois sua repentina mudança de comportamento foi deveras estranha, como se tivesse se sentido mal simplesmente do nada.

Então eu me levanto, ficando de pé ao lado de Ander, voltando minha mão em sua direção como se oferecesse minha ajuda para ele se levantar. - Ah, me desculpe... Eu me chamo Luke. Muito prazer.

The Beauty is in the Eyes of the Beholder.

@Lilah
avatar
Luke Evans
Pacific
Pacific

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 20
Localização : Oblivion

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
93/100  (93/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Seg Jul 06, 2015 6:52 pm

living louder;
If today's the day I die, lay me down under the lights. Let me fall in love, let me save a life. And let me lose my voice singing all my favorite songs. Let me stare up at the stars.
 E depois de todos os pensamentos; de ideias anteriores, Ander termina no confuso. Não entende mais porquê chegou a pensar só nos lados bons – é uma mania sua, afinal? Jeito que forçou por tanto tempo que passou a ser natural? O cenho está levemente franzido quando muda o olhar de qualquer lugar distante para de volta ao garoto. Ele balança a cabeça e se deixa sentar no chão, as pernas doem de segurar seu peso e ele as puxa para próximo de seu tronco, dobrando-as de modo a poder apoiar os braços sobre os joelhos. Ander aperta os lábios como se isso ajudasse a pensar e acaba por repetir o movimento da cabeça: ele não sabe o quê aconteceu, não em relação àquilo. Somente fez o quê seu corpo queria. “Um surto?” Tentou brincar, tentou fazer graça. Não é muito bom nisso, afinal.

“Eu estou bem. E não se desculpe.” Diz. Os dedos apertam os joelhos e ele bate em cada duas vezes. Então, também se levanta, usando os joelhos como apoio, e estende a mão para o menor. Ele segura o sorriso, porque acha realmente um tanto ridículo o tal cumprimento. Mas, hey, toda aquela situação, para ele, foi ridícula, então por que não? “Ander.” Se é um de seus colegas de escola, teia batido em sua mão para afasta-la e depois lhe dado um chute na bunda figurativo. Só que ele atreveu-se a conhecer Luke, o menino de olhos azuis e praticamente ingênuos que agora compartilha as lembranças: e Ander agora sabe que a última coisa que aquele menino pode ser é alvo de suspeitas.  Não significa, entretanto, que tenha que ser tão aberto para com ele. “Vamos... esquecer o quê eu fiz?” Sorrir, passando a língua por entre os lábios. “Veio jogar... Eu... não sei onde está a bola.” A voz sai um tanto grogue enquanto ergue ambos os indicadores e olha ao redor, como se a procura.



Com: Luke Evans | Note: desculpa qualquer erro



● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Luke Evans em Qua Jul 08, 2015 7:35 am



The Mysterious Boy
Let's Play?
 
Mesmo sem saber ao certo o motivo pelo qual decidi caminhar pela prisão, fico feliz por tê-lo feito, pois isso havia me trazido até o ginásio, o que me permitiu conhecer o rapaz que a alguns instantes jogava sozinho no mesmo. Vejo-o arrumar sua postura, ainda sentado no chão, e permaneço em silêncio, apenas observando-o com certa atenção, até ouvir sua suposição, em um tom brincalhão. - É... quem sabe?! - Não pude conter um baixo riso, entrando na brincadeira.

Ao ouví-lo dizer que estava bem e me pedir para não me desculpar, assinto um tanto sem jeito, e logo é ele quem se levanta, estendendo sua mão para mim com a intenção de me cumprimentar. Com toda educação, aperto-a e o cumprimento de maneira um tanto quanto formal, ainda com um semblante sorridente. Então o rapaz se apresenta como Ander, um nome incomum, mas que pessoalmente achei bonito. - É um belo nome. - Comento sinceramente, coçando a cabeça um tanto nervoso.

O assunto prossegue por mais alguns instantes, até que o moreno pergunta se podemos esquecer o ocorrido, parecendo não estar tão a vontade com aquilo, e eu apenas balanço a cabeça em afirmação. - Claro, sem problemas. - Continuo mantendo o mesmo tom sereno em minha voz, apreciando de alguma forma a companhia do rapaz. Então me surpreendo quando Ander supôe que eu havia ido até lá para jogar, por mais que fosse o que as pessoas normalmente fizessem no ginásio.

- E-Eu só estava passando na verdade. Mas... Se quiser companhia pra jogar, eu posso tentar. Só não garanto jogar tão bem. - Termino a frase com um riso, começando a olhar à minha volta para ajudá-lo a procurar a bola.

The Beauty is in the Eyes of the Beholder.

@Lilah

● ● ●

avatar
Luke Evans
Pacific
Pacific

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 20
Localização : Oblivion

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
93/100  (93/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Sex Jul 10, 2015 5:25 pm

living louder;
If today's the day I die, lay me down under the lights. Let me fall in love, let me save a life. And let me lose my voice singing all my favorite songs. Let me stare up at the stars.
 Odeia quando os outros têm algo legal a dizer sobre si, mas ele não sabe muito bem o quê responder ou dizer em troca. Mentiria se dissesse que Luke é um nome peculiar, porque é bastante comum e, honestamente, não é belo, é só... Normal. Evans, entretanto, é. Pensamentos demais para um simples elogio de nome? Provavelmente. Mas talvez seja a áurea que o de olhos azuis emana.  O deixa mais... leve, bobo - até apto à uma risada. “Valeu.” Ele aperta os lábios e nega com a cabeça, deixando a mão cair de volta ao lado do corpo. “É mais para estranho.” Brinca.

De fato, acha seu nome, no mínimo, diferente. Já até acharam que tratava-se de uma garota – e para esses, ele rolava os olhos e entre amigos mostra o dedo do meio. Nada contra parecer uma garota, mas é só que o choque que as pessoas fazem parecer ter é quase palpável. Ainda sim, é um nome que colocaria em um filho, por que não?

“Eu quero.” Diz e não demora para algo chamar-lhe a atenção: a bola está distante. Ele ergue o indicador, como se pedindo um momento, para apressar os passos, até que estar a correr. “Vai jogar vestido assim?” Fala alto suficiente para o outro ouvir. Ander tem a bola quicando vez ou outra até chegar à poucos passos de Luke. “Posso te fazer outra pergunta?” - porque claro que esta não conta - “É sobre seu poder. O quê você faz?” Diante algumas lembranças, não consegue entender qual trata da habilidade de Luke. E agora, bem, também é a sua.


Com: Luke Evans | Note: desculpa qualquer erro



● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Luke Evans em Sab Jul 11, 2015 3:31 pm



The Mysterious Boy
Everybody is Special...
 
Toda aquela situação chegava a ser um pouco estranha, como se por um instante eu me esquecesse de que estava preso, e que odiava esse lugar. Já fazia cerca de um mês desde que cheguei aqui, e ainda não podia dizer que me adaptei completamente, pois alguns pesadelos ainda assolavam minha mente durante as noites.

Ander parecia ser um cara legal, e logo agradece ao meu elogio, fazendo uma breve brincadeira, da qual não pude deixar de rir. - Não é "estranho", só um pouco diferente. - Eu esperava não estar agindo de maneira estranha demais, afinal nunca soube muito bem como lidar com as pessoas, muito menos conversar com alguém que acabei de conhecer, por isso meu nervosismo chegava a ser aparente em alguns momentos.

Sinto um frio na barriga quando ouço a afirmação do maior, dizendo que queria que eu jogasse com ele. Tinha que adimitir que quando dei essa sugestão fui um pouco impulsivo, mas agora não voltaria atrás. Afinal o que poderia dar errado em um simples jogo de basquete, não é?

Coço a cabeça um tanto sem jeito, pensativo, vendo o rapaz se afastar, e logo começar a correr na direção da bola. Acompanho-o com os olhos até que ele a apanha, chegando a me surpreender um pouco por ela ter ido parar tão longe. Conforme ele volta a se aproximar, também caminho em sua direção, nos encontrando mais ou menos no meio do campo. - Acho que sim. - Digo entre baixos risos, referindo-me a jogar com aquelas roupas, já que não voltaria à minha cela apenas para trocá-las. Então puxo as mangas da minha camisa para cima, deixando-a pouco acima dos cotovelos, e desenrolo o cachecol do pescoço, correndo até a arquibancada mais próxima para deixá-lo lá.

- Prontinho... - Digo com um sereno sorriso no rosto ao voltar para o lado de Ander. O maior, assim que retorno, pergunta se poderia me fazer uma pergunta, o que me deixa um pouco curioso, então apenas balanço a cabeça em afirmação. - Uhum. - Ele queria saber sobre meu dom, uma dúvida comum entre os prisioneiros de Oblivion. - Ahn... Até onde eu sei sou o que chamam de Empata. Basicamente posso sentir os sentimentos e emoções das pessoas, e também controlá-los. - Digo de maneira calma e sorridente, como se gostasse do que pudesse fazer. - Mas eu não consigo controlar muito bem, por isso as vezes acabo bagunçando sem querer as emoções das pessoas ao meu redor, normalmente quando estou triste, com raiva ou muito feliz. - Esta parte, por outro lado, era algo que eu claramente não gostava muito, mas que talvez pudesse melhorar com o tempo.

- E você, o que faz? - Pergunto de forma um tanto curiosa, olhando-o nos olhos enquanto aguardava sua resposta.

The Beauty is in the Eyes of the Beholder.

@Lilah

● ● ●

avatar
Luke Evans
Pacific
Pacific

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 20
Localização : Oblivion

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
93/100  (93/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Ter Jul 14, 2015 5:20 pm

living louder;
If today's the day I die, lay me down under the lights. Let me fall in love, let me save a life. And let me lose my voice singing all my favorite songs. Let me stare up at the stars.
Aquilo é novo. Realmente novo. Ou quase. “Espera.. Que nem aquele cara do filme? Acho que de.. 2010? Minha mãe falou que leu os livros.. Crepúsculo. Conhece? O da piadinha de vampiro-fada.” Ele guardou a risada, mas provavelmente falhou quanto o sorriso. “Esquece, viajei.” Os dentes molestaram o lábio e buscou mais das lembranças. “De qualquer maneira, acho que... É, não deve ser fácil. Você pode trazer o pior das pessoas.” Ander fala, e infelizmente, percebe uma semente de admiração. De interesse nessa parte ruim da habilidade – ele não deveria pensar isso; assim.

Mas será mentira se disser que nunca quis deixar alguém transtornado enquanto somente sorrir. Luke parece do tipo que discordaria, entretanto.

“Eu? Ahm..” A bola quica duas vezes. “Copio poderes e, hm, lembranças.” Diz e o olhar que abaixou, voltou a olhar o par azul. “Por uma simples troca de olhar.” Os lábios se apertam. Então, balança os ombros e sorrir grande. Será que conseguiu usar bem os poderes de empatia naquele momento? “Se quer saber, não é legal. Não acho legal. Mas agora consigo fazer a mesma coisa que você.” Ele lança a bola em direção ao peito de Luke, esperando que ele reaja rápido. Ander recua os passos, mexendo os dedos como se fosse o sinal para o começo do jogo – ou algo assim. “Quer testar algo? Que tal.. Se usássemos a empatia enquanto jogamos? Tipo, usar ao nosso favor. Um usar contra o outro. Será que dá certa?”


Com: Luke Evans | Note: desculpa qualquer erro



● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Luke Evans em Qua Jul 15, 2015 5:13 am



The Mysterious Boy
Start!
 
Não pude evitar que um baixo riso escapasse por entre meus lábios, fazendo com que os mesmos ostentassem um pequeno sorriso durante os próximos segundos. - Vampiro-fada?! - Eu não me lembrava de ter ouvido falar sobre aquilo antes, mas achei realmente engraçado, principalmente ao imaginar a "criatura". - Realmente não lembro de nada assim, mas... Parece ser legal. - Digo, ainda com um tom descontraído, parecendo interessado no tal filme.

Meu semblante então passa de alegre e sorridente para pensativo.- Não é muito legal quando perco o controle. - Comento em relação a fala do moreno, umedecendo os lábios. - A primeira vez que meu poder se manifestou foi quando soube da morte da minha avó. Deixei todos da casa depressivos, mesmo sem saber que eu era o culpado por intensificar suas emoções. - Revelo, não parecendo muito animado ao lembrar daquilo, mesmo que já fizessem alguns anos.

- Desculpe, não estamos aqui para ficar lembrando de coisas ruins, não é? - Digo de forma retórica, voltando a sorrir sem jeito, não querendo demonstrar que estava me sentindo um pouco estranho. Ouço o maior explicar sobre o que podia fazer, e para meu azar, agora compartilhavamos o mesmo poder e algumas memórias, por isso eu não poderia mais esconder meus sentimentos dele. Só então penso no quão constrangedor era ter suas emoções completamente expostas para outra pessoa.

Fico um pouco nervoso com tais pensamentos, mas logo os afasto de minha mente e passo a me acalmar, afastando também as lembranças de minha falecida avó e de minha família, que novamente estavam me fazendo sentir saudades de casa. Por alguns instantes meus olhos encontram os de Ander, e quase que automaticamente acabo desviando-os para um ponto aleatório do ginásio, abaixando-o sem seguida. O dom do rapaz parecia incrível, muito interessante e de certa forma curioso, mas ao mesmo tempo penso ser um pouco desagradável se descontrolado, assim como o meu.

Então sou retirado dos meus devaneios, percebendo a movimentação do rapaz com minha visão periférica, que me surpreende ao jogar a bola na minha direção. Por sorte consigo segurá-la, sentindo-a se chocar contra meu peito enquanto dou um passo para trás e a envolvo com meus braços, vendo o maior se afastar, parecendo pronto para começar o jogo.

Começo a bater a bola contra o chão, fazendo-a quicar algumas vezes conforme eu a guiava com a destra. - Ahn... Tudo bem. - Respondo um tanto hesitante, não parecendo muito seguro de minha resposta em relação à sugestão proposta. - Acho que seria divertido. - Dito isso, começo a me concentrar no rapaz conforme corro na direção da cesta, passando a reduzir de maneira sutil sua competitividade para que não percebesse, imaginando que dessa forma ele pegaria mais leve comigo. Não sabia se Ander era competitivo, mas toda a ajuda é bem vinda, portanto tentava igualar aquele seu sentimento específico ao meu, que definitivamente não lá tão grande.

Continuo correndo, tentando me aproximar o máximo possível do aro, pois minha mira não era uma das melhores. Esperava não ser parado antes de arriscar fazer um lançamento, mesmo que eu tivesse quase certeza de que seria.

The Beauty is in the Eyes of the Beholder.

@Lilah
avatar
Luke Evans
Pacific
Pacific

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 20
Localização : Oblivion

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
93/100  (93/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Sab Jul 18, 2015 3:18 pm

living louder;
If today's the day I die, lay me down under the lights. Let me fall in love, let me save a life. And let me lose my voice singing all my favorite songs. Let me stare up at the stars.
  “É, porque, aparentemente, brilhar no sol é coisa de fada?” A expressão demonstra o quanto acha a ideia um tanto sem noção. Não que ele defenda o vampiro que brilhe, mas acontece que não acha que fada tenha algo a ver. “E aí, o vampiro ao em vez de queimar, ele brilha.” Rir mudo, gesticulando com a mão livre. “Eu diria para baixar na internet, mas...” Mas, bem, não acho que vá conseguir nem um computador aqui, muito menos internet., lamenta mentalmente.  Ander também lamenta pelo momento que Luke comenta depois. Em sua cabeça, ele procura a lembrança daquele dia – e é bem mais fácil uma vez que Luke fala sobre. Ele comprime os lábios e mexe discretamente a cabeça. O quê um garoto como Luke faz ali em Oblivion?

Como um garoto como aquele pode ser considerado um perigo? Não julgando a habilidade, mas é quase óbvia a personalidade dele. O quanto Luke sente falta da família? Se antes já tinha a vontade de esmagar a cabeça de um sentry, agora é ainda maior.

“Uhum.” Murmura lento antes de explicar o porquê de agora ter a mesma habilidade que o outro mutante. E que, assim, faria sentindo a proposta que levanta depois. Ele não tem mais a bola em mãos, então bate as mesmas no ar ao ouvir a resposta que quer. Oui, petit.” Diz em sua língua materna e sorrir com os lábios juntos. “Acho que dá para ser divertido.” Acrescenta, tentando arrancar mais confiança no tom de Luke. Bem, acontece que Ander se surpreende quando ver que o garoto não perde tempo em começar o jogo: o menor já segue em direção da cesta.

E é estranho como Ander não sente aquela euforia ou tensão. Quer dizer, desafios é algo que adora – e um jogo sempre é um desafio –, e não é de seu feitio o prazer pela competitividade, mas existem pessoas quais ele puxa ao máximo; sempre espera mais delas. Ele gostou de Luke, ou seja, não facilitaria nada para o garoto. Entretanto, não é essa a vontade que sente enquanto tenta alcança-lo. Obviamente, não desconfia que Luke já usou de seu dom. Como pode usar a Empatia ali? Ander avança em Luke por trás, como se fosse abraça-lo, numa tentativa de tirar a bola. Num jogo de basquete, aquilo não se faz, mas o francês rir enquanto tenta. “Ei, ei.” Ele tenta falar entre o sorriso amistoso. “Nem avisa que o jogo começou?” Continua. Está jogando sujo ao tentar segurar Luke pela camisa e usar a outra mão para estapear a bola e afasta-la do menor. Ele tenta aumentar o humor do outro garoto.


Com: Luke Evans | Note: mals qualquer erro



● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Luke Evans em Sab Jul 18, 2015 10:36 pm



The Mysterious Boy
Shine like a Vampire-Fairy... q
 
Crepúsculo, guardava aquele nome na mente para quem sabe um dia, quando - ou se - eu saísse daqui pudesse assistir ao filme. Talvez pudéssemos vê-lo juntos, se o maior assim quisesse. Por alguns segundos, acabei me permitindo ser otimista com aqueles pensamentos, mesmo que os mesmos não correspondessem à realidade.

- É, parece um pouco estranho, mas acho que os vampiros ficariam bonitinhos brilhando. - Contenho o riso, mas ainda assim um pequeno sorriso se faz presente em meu rosto. - E não lembro de fadas brilharem apenas no sol. Continuo, achando aquilo tão sem noção quanto o moreno. Afinal, a comparação não fazia sentido algum. Então volto pensar se algum dia sairíamos daquele lugar, se veríamos nossas famílias novamente. Não sabia se Ander tinha família fora dalí, nem como era a sua relação com eles, mas tinha certeza de que ele não gostaria de passar o resto da vida preso.

Abaixo novamente o olhar, fitando o chão durante alguns instantes, em seguida umedeço os lábios e volto a olhar para o rapaz, ainda com um sorriso de canto. Realmente pensar naquelas coisas não ajudariam em nada, muito pelo contrário,  só tornariam a estadia aqui mais dolorosa. Ander parecia estar empolgado com a ideia que teve para o jogo, o que suponho pelo seu modo de falar, mesmo não entendendo suas primeiras palavras, que pareciam ser em... francês?

Como eu estava em posse da bola, decido começar de uma vez com o jogo, correndo na direção da cesta, ao mesmo tempo que tentava alterar de forma sutil as emoções do moreno. Em resposta a minha repentina movimentação, pude perceber que Ander também passou a correr, vindo em minha direção. Olho brevemente para trás e vejo que o rapaz se aproximava cada vez mais, e se eu continuasse naquele ritmo eu com certeza seria alcançado, então resolvo tentar arriscar um arremesso.

Paro, ainda um pouco longe da cesta em si e me preparo para lançar a bola, mas o maior acaba chegando antes que eu pudesse o fazer, praticamente me abraçando pelas costas. Inicialmente fiquei um pouco sem jeito, mas não dei tanta importância no momento, apenas levantei os braços para tentar evitar que ele tirasse a bola de mim. Quando ouço suas palavras, não pude deixar de começar a rir. - Foi mal, acho que eu me empolguei. - Profiro em um tom alegre, pensando em correr novamente, mas já era tarde demais e Ander estapeia a bola, fazendo-a quicar para longe de nós.

Viro-me para ele, ainda rindo um pouco quando nossos olhos se encontram, nesse momento acabo me desconcentrando e paro de afetar suas emoções. Então coloco a destra sobre seu peito e o empurro com uma força mínima, apenas de brincadeira. - Começou! - Fazia aquilo como forma de recomeçar, já que eu não havia o avisado da outra vez. Mal terminei a frase e já voltei a correr na direção da bola, tentando alcançá-la. Agora ficaria claro para Ander que anteriormente eu havia usado meu dom, pois suas emoções voltaram ao normal de uma forma perceptível.

Together We Can Change This World.

@Lilah

● ● ●

avatar
Luke Evans
Pacific
Pacific

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 20
Localização : Oblivion

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
93/100  (93/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Ter Jul 21, 2015 8:02 pm

living louder;
If today's the day I die, lay me down under the lights. Let me fall in love, let me save a life. And let me lose my voice singing all my favorite songs. Let me stare up at the stars.
 Eeeish., o garoto resmunga e faz uma careta. “Vampiro não é nem para ser bonito.” Tenta defender, mas já cedeu ao sorriso recíproco ao de Luke. O negócio com Luke é que, além de seu próprio poder de Mimetismo Empático atuar com relação ao deixa-los, de alguma forma, mais próximos, o dom da Empatia Reversa reforça ainda mais. É como se ele entendesse Luke duas vezes mais – ou algo assim. Seria um jogo diferente, mas de um jeito interessante.

“Desculpado.” Diz sem realmente significar, uma vez que nem ao menos julgava motivo para desculpas. Ele parou o menor, questionando aquilo ao seu favor, para simplesmente perturbar. E ganhar tempo e, quem sabe, a bola, claro. Seus olhos estão sorrindo também quando se encontram com o par azul. Sorriem mais ainda quando é empurrado de leve, fazendo-o recuar um passo. Sua língua umedece os lábios que se esticam e se resumem de uma risada para um sorriso grande, mostrando os dentes. E de repente, fica estranho. Não, não aquilo em si, mas ele. Agora, ele sente-se, de alguma forma, de volta à si.

Leia-se algo do tipo mode não vou facilitar nada para você on (ridículo assim).

“Ei! Ei, você-” Mas está falando sozinho, uma vez que Luke já voltava ao jogo. Sim, o garoto inocente não perdeu tempo em usar o dom. Ander bufa sacana – filho de uma mãe, pensa. E então, não há mais segundos disponíveis para perder pensando em como perdera tão rápido (tudo bem, ele se consola uma vez que já correndo atrás do outro, você ainda é novo nesse [poder]). O francês tenta ser mais rápido que o menor, tem a adrenalina e o instinto de competição fazendo seu estômago parecer frio. O que ele pode usar? Qual sentimento? Não quer apelar, mas talvez... Ander se concentra em estimular o sentimento de culpa. Culpa por ter usado o poder sem avisar. E culpa e pesar podem levar à fadiga, certo? Okay. Não tão rápido assim – não num período de tempo tão curto -, mas poderia distraí-lo. Ele reza para que funcione.



Com: Luke Evans | Note: mals qualquer erro



● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Luke Evans em Seg Jul 27, 2015 2:51 am



The Mysterious Boy
I'm Sorry...
 
Por mais que eu nunca tivesse me interessado muito pelos esportes, talvez pela minha falta de coordenação, aquele jogo parece que iria ficar interessante. Eu não sabia explicar o porquê, mas estava me sentindo bem, como se não estivesse totalmente infeliz por estar naquela prisão. Claro que eu não gostava nem um pouco desse lugar, muito pelo contrário, mas naquele momento eu estava me divertindo, coisa que poucas vezes conseguia fazer sozinho. Esperava lembrar de agradecer a Ander por isso quando a partida acabasse.

Os sons consecutivos provenientes do contato da bola com o chão da quadra ecoavam pelo local, e podiam ser captados pelos meus ouvidos, mas no momento não dou tanta importância, uma vez que meus olhos estavam voltados aos do maior. Um sorriso bobo se instalava em meu rosto e eu me sentia estranho, leve, e principalmente envergonhado, mas não sabia o motivo, apenas sentia. Deixo um riso baixo escapar pelos lábios e empurro de leve o rapaz, retornando ao jogo.

Não demoro para dar as costas ao francês novamente, correndo na direção da bola que anteriormente estava em minhas mãos, tentando recuperá-la. É então que alguns pensamentos vêm a minha mente, e eu começo a me questionar se deveria ter usado meu dom tão cedo, visto que o jogo nem sequer tinha começado quando o fiz. O ritmo e a velocidade dos meus passos começam a reduzir gradativamente, até que eu paro, e consequentemente Ander acaba me passando sem nenhuma dificuldade. Estava me sentindo culpado pelo que fiz, e por alguns instantes mantenho o silêncio, fitando o chão com um olhar baixo e pensativo enquanto o lábio inferior era pressionado por meus dentes.

- Ander... - Chamo, fitando-o de forma hesitante. - E-Eu... Eu queria te pedir desculpas. - Mantenho um tom de voz baixo, e volto o olhar para o chão próximo aos pés do rapaz, não querendo encará-lo. A essa altura ele já estava com a bola, e eu estranhamente não estava ligando muito para isso. - Assim que eu... bem, "comecei o jogo" da primeira vez, acabei usando meu poder em você sem avisá-lo e acho que fiz isso cedo demais. Sinto muito. - Se prestasse a atenção, o maior poderia perceber sinceridade em minhas palavras, principalmente por estar com meu dom.

Após alguns segundos de silêncio, umedeço os lábios e volto a elevar o olhar, fitando os orbes castanhos do francês, como se esperasse uma resposta ou reação por parte do mesmo, paredendo nervoso.

Together We Can Change This World.

@Lilah

● ● ●

avatar
Luke Evans
Pacific
Pacific

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/06/2015
Idade : 20
Localização : Oblivion

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
93/100  (93/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Ander Hooligans em Sab Ago 15, 2015 8:45 am

living louder;
If today's the day I die, lay me down under the lights. Let me fall in love, let me save a life. And let me lose my voice singing all my favorite songs. Let me stare up at the stars.
 Ele está, como diriam, "com a bola toda" - inclusive literalmente - em direção à cesta quando todo seu corpo trava e se volta em direção ao menor. É a simples pronúncia de seu nome; o simples tom usado. Ander trás a bola para mais perto do peito e arqueia uma sobrancelha à espera do que será dito. Ele espera algo como um 'desculpa, tenho que ir', mas ganha outras completamente diferente. E então, sorrir grande. Depois, rir, batendo na bola uma última vez antes de virar-se, dar mais uma corridinha em pleno silêncio e arremessar.

"Ceeesta!" Ele pega a bola antes que essa alcance o chão, com ambas as mãos, e sorrir sacana para Luke. Afinal, aquilo é culpa sua. Ele quem fez Luke sentir - e conseguiu. Por um momento, a falta de costume o fizera esquecer. Ander, agora perto do menor, bate de leve com o indicador no queixo alheio. "Dois pontos no basquete, um ponto na Empatia." Brinca e pisca para o outro. O francês, simultaneamente às palavras, tenta trazer de volta a animação em Luke. Na verdade, tenta trazer espírito competitivo. Será que aquele pacífico tem? "Luke..[i] Luke, né?]/i] Sabe que essa cesta valeu, ya?" Aquele jogo não parecia um de verdade com tantas paradas, mas não é como se o principal fosse as bolas passando pelo aro, e sim o uso do poder. "Vamos tentar seis pontos. O primeiro que conseguir, ganha."

Com: Luke Evans | Note: xô entrar no pique de novo



● ● ●

avatar
Ander Hooligans
Rebel
Rebel

Mensagens : 35
Data de inscrição : 25/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
98/100  (98/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] LIVING LOUDER

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum