{FP} - FRIDRIK, Karl.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

{FP} - FRIDRIK, Karl.

Mensagem por Karl Björn Fridrik em Dom Jul 05, 2015 11:48 pm

Karl Björn Fridrik
Telepatia | 18 | Islândia | Troublemakers | Indefinido
Mamãe, se a senhora me deu a luz, quem me deu a escuridão?
personality
Quando era apenas um jovem garoto, era completamente sorridente e alegre. Antes, o mundo era apenas seu parque de diversão. Via as pessoas de forma mais humana e era manipulado facilmente. Seu coração era puro, e além disso, não era completamente malicioso.

O tempo passou e então, seu psicológico foi afetado. Transformou-se num garoto frio e agressivo. Totalmente sarcástico e irônico. Odeia tudo que representa sinal de bondade, portanto, vai acabar atacando essa pessoa. Usa a telepatia para ter vantagens, porém, não sabe de todas as vantagens que seu poder oferece (24 vantagens), por isso, não tem ideia do quão poderoso é. Como ele se vê? Como o maioral, o superior, um deus. Adora esmagar todos ao seu redor. Tem o transtorno da personalidade narcísica: superior e inferior ao mesmo tempo. Não se aproxima das pessoas com facilidade, pois se acha superior e tem medo de mostrar os seus defeitos. É um paradoxo vivo. Adora ser o centro das atenções, mas é tímido. Como dito, um paradoxo. É completamente instável e fala tudo que surge em sua mente. Não se importa muito com os outros, fisicamente ou psicologicamente. É interesseiro e faz de tudo pra adquirir o que deseja.
life story
Era uma noite fria em Reykjavík, capital da Islândia. Sua mãe chorava e berrava, afinal, o bebê estava quase saindo. O parto levou alguns minutos e então, surgiu o pequeno mutante. Olhos claros e pele delicadamente bronzeada. O pai começou a gritar de emoção, a alegria manifestava o ambiente e de repente... O bebê saía da vagina, todavia, o coração da mãe parou de bater. O desespero começou a surgir e os médicos tentaram salvar a vida da mulher, porém nada adiantou.

O pai da criança, Fridrik, entrou em desespero e então, a depressão invadiu a sua alma. Acabou abandonando a criança em outra cidade, Selfoss. Lá acabou sendo encontrado por um casal de lésbicas, Yrsa e Teresa (uma alemã). Foi tratado com muito carinho e amor. Conseguia tudo o que queria e recebeu uma educação de classe, estudando na melhor escola da região. Era uma criança curiosa e muito esperta. Desde jovem, descobriu que conseguia tudo com uma boa educação. Yrsa era dona de uma pequena empresa, e assim, levava o jovem garoto para o trabalho. O islandês acabou demonstrando um grande talento na área da estratégia e no número dos negócios, chamando a atenção de Yrsa. Vários jogos de criatividade – e outros que estimulavam a inteligência – foram comprados, e assim, o pequeno Björn foi melhorando sua capacidade mental, transformando-se a criança mais inteligente da sua turma.

Foi crescendo e sendo mimado, conquistando todos facilmente. Tornava-se o mestre da manipulação. Com o passar do tempo, foi pegando uma certa antipatia do casal de lésbicas, ficando com nojo ao ver as duas se beijando. O preconceito crescia em sua alma, deixando-o enojado do ambiente que vivia. Começou a sofrer bullying por causa disso, e então, fugiu de casa.

Conseguiu fugir da Islândia, escondendo num cruzeiro. Acabou indo para a Europa, exatamente na França. Teve a desonra de viver como um mendigo, mas aos poucos foi se tornando um garoto mais corajoso e começou a roubar pessoas nas ruas e enganá-las. Os seus dons para manipulação estavam aflorados. A capacidade de mentir e planejar surge com o passar do tempo, foi isso que acabou concluindo. Um dia acabou indo para Paris e então, as vozes começaram.

Em todo lugar que ia, escutava vozes. Palavras obscenas, diferentes tons de falas, ideias que poderiam ser realizadas e... Enfim, uma variedade de pensamentos. Não descobriu isso inicialmente, portanto, começou a ficar louco. Gritava de forma repentina no meio da rua, atacava as pessoas – pedindo para que parassem de falar – e desmaiava do nada por causa das terríveis dores de cabeça. Esse sofrimento durou por dois anos, e então, ao completar 17 anos, tudo mudou. Os moradores levaram o rapaz para um manicômio parisiense.

Passou por vários testes psicológicos durante um ano, e então, durante um teste, acabou escapando e machucando todos. Conseguiu pegar uma pequena faca - que estava no bolso de um dos enfermeiros - e esfaqueou boa parte das pessoas que se faziam presente, e ao ser capturado, acabou mordendo os homens que o seguraram..
delict
Acabou machucando vários enfermeiros que pertenciam à clínica onde fora internado. Vários ferimentos foram feitos com facas e mordidas.

Edu | 16 anos | MP


24 vantagens da Telepatia:
Capacidade de ler os pensamentos de outros ou mentalmente se comunicar com eles. A telepatia pode ser utilizada em uma série de passagem, incluindo, mas certamente não se limitando-a. Com treinamento durante anos pode-se adquirir também alguns das habilidades abaixo:

Leitura de pensamentos: Capacidade de ler pensamentos de outros, podendo invadir e ouvir os pensamentos.
Comunicação telepaticamente: Capacidade de se comunicar telepaticamente com outros.
Defesa telepática: Capacidade de manifestar de várias formas defensivas, através da telepatia.
Escudo psíquico: Capacidade de construir um escudo psíquico de proteção para si mesmo.
Sombra psíquica: Capacidade de mascarar a si mesmo, e a presença de outros povos, desde os dentro de certo são. A telepata também pode disfarçar a si mesmos, tornando sua aparência semelhante ao de uma sombra.
Ilusões telepática: Capacidade de criar ilusões telepáticas realísticas e fazer as pessoas experimentarem acontecimentos que não estão realmente ocorrendo.
Camuflagem telepática: Capacidade de alterar a aparência física aparente de si e dos outros, alterando as percepções dos que os rodeiam. Isso pode ir tão longe para fazer as outras pessoas acreditarem que o personagem não está lá camuflado (invisível). O único limite a essa possibilidade, se houver, só é imposto pelo número de pessoas um telepata está a tentar enganar, e não o número de pessoas que na verdade é uma telepata camuflagem.
Manipulação telepática: Capacidade de manipular mentes de outras pessoas facilmente, alcançar uma variedade de efeitos.
Roubo de informação: Capacidade de obter rapidamente e armazenar informações, por transferência mental, ou seja, obter muitas informações com o poder mental, além de colocar grandes quantidades de informação em outra mente.
Escuridão psíquica: A capacidade de liberar o lado escuro da personalidade de uma pessoa, quer fazê-los parecer mais difícil ou o mal de qualquer maneira.
Cura traumas: Capacidade de apagar memórias de uma pessoa e para curar o traumas mentais através de uma "cirurgia psíquica", o poder de estimular ou enfraquecer os centros de dor e prazer no cérebro de uma pessoa.
Indutor(a) dores mentais: Capacidade de induzir a dores mentais apenas tocando a testa da vítima.
Intuitivo multilíngue: Capacidade de traduzir de formas intuitivas novas línguas.
Amnésia mental: Capacidade de apagar qualquer consciência de memórias particulares ou causar amnésia total.
Detecção mental: Capacidade de sentir a presença de outro mutante super-humano dentro de um raio pequeno, mas ainda não definida de si mesmo ao perceber as radiações mentais distintas emitidas por esse ser.
Paralisia mental: Capacidade de induzir paralisia física ou mental temporária.
Alteração mental: Capacidade de alterar a mente dos outros por pura força de vontade, permanentemente mudando sua personalidade de forma parcial ou totalmente.
Controle mental: Capacidade de controlar os pensamentos e ações dos outros.
Ligação mental: Capacidade de desenvolver uma ligação mental com qualquer pessoa, que permanece como uma conexão para aquele tempo individual após a ligação é interrompida.
Transferência de mente: Capacidade de transferir a mente e os poderes dos organismos de acolhimento do usuário em outro caso o seu próprio corpo físico de ser assassinado.
Possessão: Capacidade de possuir a mente de outra pessoa, e usar isso a ser o corpo, e qualquer poder que pode possuir, em seu próprio.
Rastreamento: Capacidade de sentir e rastrear outras pessoas, além de poder sentir sua energia se é positiva ou negativa.
Danificação mental: É a habilidade de poder entrar na mente dos outros e causar um incrível dano dentro dela, fazendo a vitima entrar em um coma profundo, e apenas outra pessoa com a mesma habilidade pode tirar a vitima do coma.
Bloqueio mental: É a habilidade de pode usar sua mente para bloquear os pensamentos dos outros. Ou seja o alvo não irá agir, como se sua mente estivesse presa e incapaz de interagir com o corpo.


Última edição por Karl Björn Fridrik em Seg Jul 06, 2015 8:21 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Karl Björn Fridrik
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 4
Data de inscrição : 05/07/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: {FP} - FRIDRIK, Karl.

Mensagem por Anthony Quinzel em Seg Jul 06, 2015 8:29 pm


Aprovado



Gostei bastante da história, não tem erros e tem uma ótima narrativa. Não tenho do que reclamar.

Bem-vindo a Oblivion.

● ● ●



─ Now L-O-V-E is just another word I never learned to pronunce...
avatar
Anthony Quinzel
Nurse
Nurse

Mensagens : 74
Data de inscrição : 02/07/2015
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum