[RP] Childish Soul

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP] Childish Soul

Mensagem por Convidado em Sex Jul 24, 2015 10:37 pm


CHILDISH SOUL
em andamento

RP fechada entre Angus Colquhoun e Nina Blanc.
Local: Cela 18.
Horário: 23h00;
Clima: Muito frio, em torno de 5°C.
All Rights Reserved for Larissa

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Childish Soul

Mensagem por Convidado em Sab Jul 25, 2015 2:22 pm

__O que mais me incomodava sobre aquele lugar era quão vazio ele era. Não vazio de pessoas; havia muitos outros prisioneiros por ali e guardas em todos os lugares. Outra coisa faltava, algo que desse vida aos dias que se passavam ali. Talvez fosse cor. Aonde quer que olhasse, tudo que via era cinza, desgastado, pútrido. Os uniformes monocoloridos faziam com que todos nós fôssemos iguais, partes de um todo homogêneo e sem forma.
__O vazio se fazia torturante. Ainda mais perigoso que a própria tortura. Quando não se tem o que fazer ou dizer, perder-se na própria mente é simples. E minha mente me dizia que eu era um monstro. Minha mente não me deixaria esquecer por um segundo todas as almas que teria de carregar pelo resto de minha vida. No silêncio, eu as ouvia gritar, e gritar por mim, gritar por suas vidas. Não conseguia controlá-las e fazê-las parar, estavam fora do meu controle assim como meu próprio poder. Depois de tantas horas tentando suportá-las, a dor em minha cabeça assemelhava-se a um incêndio, queimando-me de dentro para fora. Agonia me preenchia e eu só conseguia pensar em pôr um fim naquilo.
__Mas não um definitivo. Não nesse dia, ao menos. Ainda tinha energia o suficiente para me levar até a cela, dura e malcheirosa, onde poderia dormir e encontrar um pouco de paz. Se não fosse assombrado por pesadelos novamente. Estava me sentindo mais quente que o habitual, então desvesti as camisa e calça do uniforme, dobrando-as e deixando ao lado da cama. Deitei-me e tentei fechar os olhos, imaginando algo tranquilo como a neve caindo, minhas antigas cabras brincando umas com as outras. Era difícil, mas precisaria me acalmar caso quisesse realmente dormir.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Childish Soul

Mensagem por Nina A. Blanc em Sab Jul 25, 2015 10:00 pm

HELLO, HELLO
IT'S REALLY NICE TO MEET YOU



Eu caminhava em um ritmo constante, com seus pés descalços se arrastando pelo chão sujo de Oblivion. Meu coração estava acelerado, causada pela raiva que tomaca conta de meu corpo, mas não deixei que eu saísse gritando e tentando espancar qualquer um que aparecesse em minha frente. Sabia que não teria chance alguma com os dois guardas que me conduziam por entre os corredores mal iluminados, provavelmente acabaria mais machucada do que já estava. Minhas asas estavam expostas, fazendo com que ninguém além de mim e dos guardas conseguisse passar pelos corredores. Percebi que nos aproximávamos das celas, já que as vozes dos jovens agora chamavam a minha atenção. Eu tentava me manter em silêncio, mas a turbulência que era a minha mente me impedia.

- Você pode me dizer porque eu estou sendo presa? - perguntei, encarando a face bárbara do homem em minha direita - Eu não fiz nada de errado.

Fui ignorada. Comecei a cantarolar, deixando meu corpo leve, sendo mais carregada do que andando sozinha. Até que eles pararam, fazendo com que eu voltasse a sustentar meu corpo em pé sozinha. Olhei para a cela que um dos homens apontavam para que eu entrasse.

- NÃO! - gritei, cruzando os braços - Eu não vou dividir cela com ninguém. Já é um porre ser presa sem ter feito nada, ainda me colocam junto com um homem? Querem me torturar também? - comecei a gritar, ameaçando sair correndo e dar mais trabalho para todos.

Um dos guardas colocou a arma sobre a minha cabeça. Não me amedontrei, continuando a gritar, dando passos para me afastar. Senti algo forte bater na parte de trás de minha cabeça, me deixando levemente desnorteada.

- Ally, fala pra eles que eu não fiz nada! - choraminguei, olhando para a fada que apareceu em minha frente - Eu preciso ser livre para voar! Voar, voar, voar...

Senti meus braços puxados e meu corpo jogado para dentro da cela, caindo logo ao lado da cama de um homem barbudo. Arqueei as sobrancelhas e me sentei ao seu lado, passando a mão sobre os pelos de seu rosto.

- Oi, eu sou a Nina. Você é o lenhador da Cinderela ou o pai que abandonou os filhos na floresta? - Puxei levemente sua barba - Isso tá cheio de pó mágico. Você não lava essa florestinha nunca ou uma fada dorme em você?

tonight we can have a little fun

avatar
Nina A. Blanc
Pacific
Pacific

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Childish Soul

Mensagem por Convidado em Dom Jul 26, 2015 11:44 pm


CHILDISH SOUL
see the world through her eyes
Surpreendentemente, não fora um problema pegar no sono aquela noite. Continuar dormindo, sim, mostrou-se um sacrifício. Ter pesadelos já não era novidade para mim, mas cada noite drenava um pouco mais das minhas energia e vontade de viver. Nesse, eu me via arrancar o coração em chamas de Bjorn, pondo minhas mãos dentro de seu peito, e o entregar ao homem que fodia meu namorado na noite do incêndio. Ele comeu o coração e sugou as chamas como se lhe fossem doce. Eu encolhi, enquanto ele e Bjorn cresciam mais e mais, suas peles tornavam-se cinzas e eram carregadas pelo vento para fora de seus corpos. Demônios arrastaram-se das entranhas dos mortos, com meu rosto, com a minha voz, urrando os nomes de todos aqueles cujas vidas, como um deus, eu tomara. Eram parte de mim agora.

NÃO! — A voz, aguda e irritada, foi alta o suficiente para me tirar do pesadelo. — Eu não vou dividir cela com ninguém. Já é um porre ser presa sem ter feito nada, ainda me colocam junto com um homem? Querem me torturar também?

Ainda muito sonolento para entender o que estava acontecendo, eu procurei me sentar na cama e esfregar os olhos. A garota, que berrava como se fosse uma celebridade insatisfeita com um hotel cinco estrelas, era muito jovem, ainda adolescente, e tinha algo que eu nunca vira antes. Enormes asas, cobertas em penas brancas, esticavam-se livremente de suas costas por todo o cômodo. Ela pareceria um anjo se não fosse a atitude revoltada. Ao que parecia, nós seríamos colegas de cela, e ela não gostou da ideia. Eu não tinha certeza de como me sentia quanto a isso.

Em dado momento, os guardas perderam a paciência. Eu me choquei quando bateram-lhe na nuca com a coronha da arma, não costumavam ser tão violentos, mas ela não pareceu se machucar. Não me preocupei muito... Até que ela falou com as paredes, com uma postura muito diferente da garota estressada e atrevida de antes. Soava amedrontada e inocente. Eu nunca vira algo assim. Poderia a batida ter sido tão forte a ponto de causar tamanha confusão no seu estado mental?

Jogaram-na para dentro da cela, brusca e indelicadamente, fazendo-a cair no chão, perto de mim, batendo as asas contra a parede. "Ai", pensei. A garota endireitou-se e sentou-se ao meu lado, com um olhar curioso e ingênuo. Era como se nada tivesse acontecido. Sem a menor hesitação, ela simplesmente levou a mão à minha barba, alisando-a. Eu estava tão desnorteado com tudo que acabara de acontecer que não soube reagir.

— Oi, eu sou a Nina. Você é o lenhador da Cinderela ou o pai que abandonou os filhos na floresta? — Ela puxou minha barba, fazendo-me acordar para o que estava acontecendo. — Isso tá cheio de pó mágico. Você não lava essa florestinha nunca ou uma fada dorme em você?

Pisquei uma ou duas vezes antes de processar tudo. Lentamente, peguei sua mãozinha nas minhas e a afastei do meu rosto, afastando meu próprio corpo do dela em seguida.

— Não tem pó na minha barba. — Disse, embora não tivesse tanta certeza depois de tanto tempo naquele lugar — E eu não sou um lenhador. Meu nome é Angus.

Eu a observei por uns instantes. Mesmo para os padrões daquela prisão, cheia de pessoas insanas e capazes de feitos inimagináveis, aquela garota tinha algo de muito diferente. Eu não tinha certeza se era bom, ruim ou simplesmente louco.

— O que aconteceu com você?

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Childish Soul

Mensagem por Nina A. Blanc em Seg Jul 27, 2015 6:40 pm

HELLO, HELLO
IT'S REALLY NICE TO MEET YOU



A forma com que o homem barbudo afastara minhas mãos havia sido delicada, mas suas respostas eram um tanto rudes. Cruzei os braços enquanto o ouvia falar, comparando mentalmente os nossos tamanhos. Ele parecia um gigante perto de mim, ainda mais perto de Ally, a qual se acomodava em um dos meus ombros, sussurrando que ele estava mentindo para mim. Cruzei os braços quando ele perguntou o que havia acontecido comigo.

Angus, é? — aproximei meu rosto do dele, observando seus olhos com atenção — Eu tenho um sensor de mentiras extremamente potente nessa minha cabecinha. Seu nome não é esse, você está querendo me enganar?

Me concentrei até que minhas asas começassem a desaparecer em minha pele, se transformando na tatuagem em minhas costas. Ainda não o conhecia bem o suficiente para mostrar a minha mágica, e se ele quisesse corta-las? Balancei as pernas de um lado pro outro, as observando mudar de cor a cada movimento que eu fazia. Não, ele não seria tão malvado para cortar minhas lindas asas.

—  Nada aconteceu comigo, seu bobo. Eu estou perfeitamente bem, só estou presa porque o Padre John não soube voar direito — balancei a cabeça, relembrando a cena, suspirando — Ele ficava batendo os braços e não esticou as pernas, o Peter Pan ficaria decepcionado com ele, não acha? E quem levou a culpa fui eu e a Ally.


tonight we can have a little fun

avatar
Nina A. Blanc
Pacific
Pacific

Mensagens : 7
Data de inscrição : 19/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Childish Soul

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum