[FP] Rowerbust, Damien.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Rowerbust, Damien.

Mensagem por Damien Rowerbust em Qui Ago 06, 2015 10:17 pm


Damien Rowerbust
Transformismo Animal| 23 | E.U.A | PRISONER | Bissexual
Vida? Dor? O que isso significa?
personality
Totalmente abalado e fora do comum, tem medo de ser odiado e tenta evitar as pessoas para o lugar mais distante possível. Prefere ficar sozinho do que ter companhia, de mostrar quem realmente é; do assassino que se tornou ao longo dos anos. Acreditar fazer aquilo que é melhorar para si mesmo sem se preocupar com o próximo, e claro que a dor é uma das coisas que mais lhe atraem prazer.
life story
Dizer que a vida sempre foi um fardo e nessa etapa do jogo é um pouco complicado, porém devemos começar desde o começo parar entender bem essa história não? Tudo começa com meu nascimento em Denver, nos Estados Unidos da América, nada de extraordinário até então. Devido as mudanças que vem ocorrendo de maneira constante no clima coisas também nos afetam, por esse motivo grande parte da minha família tinha problemas respiratórios e difíceis de se conter. Acho que diferente dessa grande quantia de pessoas sou perfeitamente bem, aparentemente sem qualquer problema e saúde extraordinária. Isso provavelmente fez com que só fosse mais excluído e ignorado pelos meus pais. Por ser diferente, mas mesmo sendo algo muito bom. Odeio ser julgado por aqueles que não me conhecem direito, por esse motivo preferi frequentar aulas e voltar direto para casa. Sou um garoto de dezesseis anos e completamente antissocial que qualquer outro da minha idade. Um dos animais que mais me chamou atenção no colégio foi uma serpente e quando repentinamente tinha um pensamento sobre ela um gosto amargo tomava conta dos meus lábios. De fato, aquela sensação era completamente estranha, e como sempre jogam a culpa no psicológico.
As coisas vêm mudando e alguns terapias se antecipando para ver o que se passava, confusões na escola já viravam bem comum nessa fase. Garotinhos mimados me irritavam completamente ou qualquer ser que se julga melhor, sair do controle não é o que eu desejava fazer. Minhas mudanças começaram a ser mais notáveis com o tempo, fiquei completamente assustado e encolhido. Resolvi também não contar a ninguém para não ser o garoto mais estranho do mundo. Ao me olhar no espelho tinha total reflexo da minha língua diferente como a de um réptil, e coberta por escamas. Pelos deuses o que era aquilo? Como pedir ajuda dessa maneira? Quem acreditaria em um garoto de dezessete anos que é chamado de rebelde e completamente maluco. Uma noite de verão na minha casa um pouco mais afastada da cidade, na realidade no meio da mata; lá estava o meu pai totalmente bêbado. Meu humor não é um dos melhores hoje, até ele vir me irritar e provocar. Alguns tapas contados vieram à minha cabeça e meus dentes começaram a crescer. Garras praticamente notáveis de tão grandes que se procediam e afiavam com o tempo. –Me deixe... –Fui minhas últimas palavras até novamente apanhar. Bruscamente me virei e corte a garganta do homem com a mão direita e o sangue começou a sair feito um chafariz. Minha cara ficou marcada com as gotas sanguíneas e minhas vestimentas.  Minha cabeça de rodeava de pensamentos de culpa, porém ele mereceu e teve o fim que desejou.
A polícia foi alertada pelos vizinhos que escutaram o último grito do velho que caiu sobre o chão e agora é um mar de sangue. Por outro lado, não me importo, meu corpo não sente nada, é apenas mais um inseto e que se foi. Tomei um susto quando as autoridades chegaram e me colocaram em um dos quartos da residência, ligando para uma espécie de corporação. Demorou poucas horas para um homem muito bem vestido chegar e falar com a voz rouca; e totalmente amedrontadora. ‘’Ora.... Ora.... Ora.... Temos mais um aqui, vou ficar feliz em te levar.’’ Meus olhos se reviravam completamente, e minha língua produzia uma espécie de veneno.  ‘’Não se acanhe, vai conhecer muitos iguais a você, só que vai ficar acorrentado, como o animal que é! ’’ –Berrou o outro, e quando fui disparo o que guardava nos lábios tomei um disparo, que me fez adormecer e não ter reação. Minhas pálpebras se ajeitaram ao acordar, em uma cela totalmente cercada e vazia, sem ninguém a conversar ou debater. Oblivion foi onde eu cheguei...

delict
Homicido culposo

Nick | 16 | MP
avatar
Damien Rowerbust

Mensagens : 1
Data de inscrição : 01/08/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Rowerbust, Damien.

Mensagem por Anthony Quinzel em Sex Ago 14, 2015 9:29 am


Recusado



A ficha está muito corrida, sem detalhes e a transformação está confusa. O poder que descreveu parece ser Mimetismo de Serpente, não Transformismo Animal. Tente rever isso.

Tem uma semana para corrigir os erros e mandar uma MP para a conta Anthony Quinzel, caso contrário, a ficha será rejeitada e outra deverá ser feita.

● ● ●



─ Now L-O-V-E is just another word I never learned to pronunce...
avatar
Anthony Quinzel
Nurse
Nurse

Mensagens : 74
Data de inscrição : 02/07/2015
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum