[FP] Catter, Avril Reed

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Catter, Avril Reed

Mensagem por Avril Reed Castter em Sab Jun 13, 2015 5:54 pm

Avril Reed Castter
Intangibilidade | 19 | Londres | PACIFIC | Hetero
Never knew that it could mean so much, so much...
personality
Avril é uma garota muito meiga e doce, sempre conquista as pessoas a sua volta com um humor super contagiante, acredita que pode mudar o mundo com um pouco de amor e compreensão.  Pode se dizer que é facilmente manipula e influenciada, bom pelo menos é o que ela gosta que pensem.  Esta sempre surpreendendo a todos e se tem uma coisa que parte seu coração é ver alguém triste, e pior ainda ela não conseguir fazer essa pessoa sorrir. Dificilmente ela deixa transparecer suas tristezas e frustrações.
life story

Uma noite que para muitos Britânicos era como todas as outras, para a família Reed era um dia o qual comemorariam dali em diante o aniversario de sua tão esperada filha. A pequena Avril havia nascido saudável e forte e encantava a  todos com sua beleza e carisma. Vinha de uma família com grandes posses e seus pais não mediam esforços para dar a ela tudo do bom e do melhor.
A cada dia que passava a garota os deixava ainda mais orgulhosos. Como uma criança normal Avril queria ir brincar com os amiguinhos mas o Sr. e Sra. Reed dizia que ela devia se concentrar nos estudos para que futuramente pudesse se dar bem na vida, ela nunca se opôs pra falar a verdade nem sabia o que era brincar, pôs estava sempre ocupada com suas atividades extra curriculares.
Na escola sempre fora alvo de bullying e taxada com a esquisita do colégio, seus óculos a denunciavam de certa forma e todos a chamavam de nerd, também não era muito de conversas e nem de fazer amizades. Quando foi para faculdade estava disposta a mudar não queria mais ser a nerd estranha e sim mais uma das alunas normais, só que não esperava que justo na faculdade que escolhera para cursar, as valentonas de sua antiga escola estariam lá também.
Sua vida não acontecia nada de diferente nem extraordinário e ela já estava incomodada com a  mesmice de sempre, mas isso mudou em um determinado dia, dia esse que ela não se esquece ate hoje.

E estava ela a caminhar pelos corredores da faculdade, a fim de encontrar seu armário para trocar os livros e ir para próxima aula. Assim que o achou depositou seus livro pegando os outros e em seguida fechando o armário, caminhou pelos corredores distraidamente e sem querer esbarrou em alguém fazendo com quem quer que estivesse a sua frente caísse. Virou seus olhos para ver quem era e engoliu em seco.

Brittany a encarava com os olhos furiosos, se levantou com a ajuda de uma das meninas e quando se pôs de pé parou bem de frente para Avril que a olhava suplicando por desculpas, não pensou duas vezes e se disparou a correr e entrar no banheiro feminino mais próximo e se trancou em um dos Box. Brittany viu o medo nos olhos da garota e sorriu por diversão e maldade, caminhou ate o banheiro e começou a chutar os Boxes que estavam entreaberto, e parou de frente para o único ali trancado. Deu socos fortes no mesmo fazendo a garota que estava ali dentro se espremer ao Maximo contra a parede.De tanto bater o trinco que não era  dos melhores se rompeu fazendo com que a porta abrisse e as duas ficassem cara a cara.

Avril estava desesperada que se pudesse fundir contra a parede para fugir dela o faria, mas sabia que isso não era possível, Brittany se aproximou mais e com um sorriso no rosto, enquanto Avril havia fechado os olhos imaginando ainda em escapar dali sabe se lá o que Brittany faria com ela. Sentiu uma coisa estranha o concreto que ela estava encostando há alguns segundos já não estava mais ali, abriu os olhos devagar e quando viu estava na parte inferior ao banheiro se assustou e se questionou como havia parado ali, enquanto isso  a loira que estava prestes a bater nela saia em disparada correndo para contar ao diretor o que havia acontecido. Ela não sabia o que fazer e nem como havia feito aquilo. De repente sentiu algo sedo enfiado nas suas costas, ‘Uma agulha talvez ?’ não sabia apenas percebeu a visão embaçar e tudo girar depois daí não se lembrava de mais nada.

Acordou em uma sala branca apenas com uma cama e um banheiro, se desesperou ao ter a conclusão de que aquilo não era sua casa. Uma moça alta e ruiva entrou na sala e tentou de forma meiga explicar o que estava acontecendo. Avril achava que era uma brincadeira mais quando se deu conta de que de fato ali era seu novo lar, apenas tentou se conformar e aceitar a sua nova realidade.            



delict
Foi acusada de roubar objetos da casa de uma garota que a convidou para uma festa.

Ari | 16 | ...
avatar
Avril Reed Castter
Pacific
Pacific

Mensagens : 4
Data de inscrição : 13/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Catter, Avril Reed

Mensagem por Frank Scherbitsky Rose em Seg Jun 15, 2015 3:52 pm


Aprovado


Pobre garotinha, tão boa que ninguém gostaria de fazer mal a ela ou estou enganado? A vida é uma caixinha de surpresas e seus poderes devem ter aparecido no momento certo, mas isso teve consequências.
Bem vinda a Oblivion.

● ● ●

Frank
avatar
Frank Scherbitsky Rose
The command
The command

Mensagens : 198
Data de inscrição : 21/01/2015
Idade : 36

Ficha do prisioneiro
Nível: 10
Experiência:
100/100  (100/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário http://prisonofoblivion.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum