[RP] Wake me up inside /+18

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Wendy H. Wittelsbäch em Qua Jul 22, 2015 12:50 pm



WAKE ME UP

Lugar: Ginásio.
Status: Em Andamento e Restrita.
Conteúdo: +18
Tempo: Noite (19pm) Quarta-feira.
Clima: Ameno.
Usuários: Stephen C. Devonport + Wendy H. Wittelsbäch.
Call my name and save me from the dark


Última edição por Wendy H. Wittelsbäch em Qua Jul 22, 2015 8:57 pm, editado 3 vez(es)

● ● ●


The only thing I feel is pain caused by absence of you
@maay - TPO
avatar
Wendy H. Wittelsbäch
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 75
Data de inscrição : 14/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Wendy H. Wittelsbäch em Qua Jul 22, 2015 1:28 pm



PRAYER IN C
See our world is slowly dying I'm no wasting no more time, Hey, when seas will cover lands And when men will be no more Don't think you can forgive you Oh when there's just be silence And when life'll be over Don't think you'll forgive you

Estava tudo muito, hum, mais do que chato, se tornava uma imensa poça de chatidez (?). Chegava a me deixar com uma palavra que eu não usava tanto no cotidiano, talvez seria ela: Tédio. Perambulava igual uma sonâmbula pelos corredores de Oblivion, vendo tudo quanto é tipo de coisa. Pegação entre mulheres e homens, entre mulheres e mulheres, entre homens e homens, entre Sentry e homem, sei lá, parecia mais uma boate do que uma prisão. Chegava a ser chato a falta de tortura e a sensação demasiada de prazer para os detentos. A sensação de dor para os outros me fazia bem, me fazia me sentir mais viva, e isso não acontecia a tempos.
Será os 4 devem ter tirado umas férias e por isso não fazem mais jogos de tortura nem algo do tipo para vê-los sofrer? Sério. Que merda. Já não bastava aquela festa ridícula. Eles queriam enganar a quem de que eles são receptivos? Quando eu cheguei eles me deram o uniforme e me jogaram dentro da cela como se fosse um Hamster num experimento suicida. Eu era uma das únicas que resistiu 5 anos nessa prisão de bosta. Tinha mais uns 2 caras que eu conhecia, mas não lembro o nome, que estão a mais tempo que eu aqui. A festa me trazia algumas lembranças legais, até. Eu cheguei e me encontrei com A morte, um cara, acho que seu nome era Stephen, que quase me esmurrou. Depois me esbarrei com uma MM gostosa, e depois vomitei ao lado de um bombeiro que uma índia começou a beijá-lo em minha frente. É, foi uma loucura.
Um lugar que era bom de ir e não tinha nem um paranoico, era o Ginásio. Mesmo que eu não gostasse de esportes, eu gostava de ir lá pra ficar olhando para o teto e pensando na vida enquanto estava deitada na arquibancada. E era isso que eu tinha para hoje. "A quarta-feira tediosa". Desci e subi escadas, andei por corredores, até chegar lá. No Ginásio. Lembro de uma briga que teve lá. Era um gordão e um anão. O anão ele era pirocinético. Obviamente, o meio-metro ganhou a fight. Comecei a rir comigo mesma deitando no primeiro degrau da arquibancada, começando a pensar e cantarolar qualquer coisa.
Don't think I could believe you

● ● ●


The only thing I feel is pain caused by absence of you
@maay - TPO
avatar
Wendy H. Wittelsbäch
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 75
Data de inscrição : 14/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Stephen C. Devonport em Qua Jul 22, 2015 2:52 pm



All hope is gone.
Aquele lugar já era chato e entediante, agora imagina isso a luz do dia, nossa chegava a ser insuportável para alguém como eu. Eu preferia ficar deitado na cama da cela com todas as cobertas sobre meu rosto e era o que eu fazia praticamente todos os dias desde que me prederam nesse inferno a não ser quando era realmente necessário sair e enfrentar o sol.
Contava as horas para que a noite chegasse e então sair um pouco da cela, esticar as pernas, o clima frio me fazer sentir finalmente bem, pelo menos um pouco.

De jeans e um moletom todo escuro eu comecei a perambular pelor corredores da Oblivion a cada canto notando a presença de jovens um mais estranho que o outro e pela forma que agiam parecia que não estavam nem ligando para onde realmente estavam, pareciam felizes e patéticos. Comecei a questionar qual era a intenção de nos ter ali, por que na boa, não parecia como uma prisão. Eu não ouvia pessoas gritando de dor por estarem sendo torturadas, ou sangue nas paredes por algum maluco ter cometido um assassinato e se houvesse mais dessas coisas eu teria certeza que não faltaria um pouco pelo menos de diversão.
Fiz o capuz do abrigo cobrir minha face, enquanto continuava andando pelos arredores da prisão passando por algumas escadas que nunca havia notado estarem ali. Talvez o fato de ser novato e quase nunca sair da cela pudesse dar essa sensação. Era por volta das sete horas da noite quando andava de forma lenta e sem pressa afim de ir a algum lugar que não havia ido ainda. É, eu entrei em um ginásio e era bem cuidado, que tipo de prisão tinha um ginásio? Parecia estar vivenciando os tempos de escola novamente. De cabeça baixa eu andei pelos cantos do lugar até ouvir uma voz, certamente desafinada parecendo querer cantar alguma coisa e não estava obtendo muito sucesso. Apesar de desafinada não era estranha, aproximei-me sendo guiado pelo som desagradável notando ao chegar perto uma garota folgadamente esticada sobre o degrau da arquibancada. Fui quieto, não deixando que ouvisse meus passos, não me notando. - Não é muito seguro esse horário por aqui... - Minha voz saiu baixo, ecoando pelo salão vazio observando com mais atenção em seu rosto. Eu já a conhecia, bom mais ou menos, era a garota da festa, que havia me levado pra fora do barulho e tal, a que eu quase esmurrei. Nossa, talvez não seria uma boa ideia nos encontrarmos, provavelmente estaria com raiva, ou nem lembraria por estar bêbada, não sei. Uma sombra cobriu meu rosto deixando apenas meus olhos a mostra sem piscar olhava pra ela, com as mãos no bolso do moletom.

 x  x
© mr. houdini



● ● ●


Take a last look around while you're alive
I'm an indestructible master of war
avatar
Stephen C. Devonport
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 28
Data de inscrição : 15/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
30/100  (30/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Wendy H. Wittelsbäch em Qua Jul 22, 2015 8:19 pm



PRAYER IN C
See our world is slowly dying I'm no wasting no more time, Hey, when seas will cover lands And when men will be no more Don't think you can forgive you Oh when there's just be silence And when life'll be over Don't think you'll forgive you

Minha voz desafinada não havia saído do jeito que eu queria, ao cantar "I Will Always Love You". Afinal, por que estaria cantando aquela coisa que chamavam de música? Parecia mais um pote de açúcar do que uma melodia. Preferia vomitar sangue ou ter uma hemorragia do que continuar cantando aquilo, que chegava a ser dita "A música do século", pelo filme, também ridículo, "Titanic". Afinal, do que é que estou falando mesmo? Eu espero não estar pensando alto, seria ridículo para minha reputação de má nessa prisão, tanto que a maioria dos novatos nunca ousou chegar perto de mim. Isso as vezes era bom, me deixava na minha. Mas as vezes não era bom. Tinha vezes que me sentia sozinha, ali, sem ninguém para compartilhar o que eu queria, o que eu gostava, de verdade. Mas, eu me confortava, vendo os outros sofrerem. Dígamos que eu era movida a partir de dores.
Me virei, com aquele uniforme estupidamente ridículo me atrapalhando para que realizasse os movimentos de modo certo. Suspirei, e ouvia algum tipo de barulho. Sei lá, alguma goteira, ou o que? Se parecia com passos, mas sei muito bem que ninguém é louco o bastante pra fugir da cela a essa hora e ir perambular pelo Ginásio. Ainda mais que poucas pessoas que sabiam como chegar aqui. Uma voz atrapalhou meu canto ultra mega hiper super desafinado. Eu a reconheci. Stephen. Sorri e em seguida mordi o lábio inferior -Pra você, talvez. Estou a 5 primaveras aqui, novato - falei fitando ele -E você? Tá me perseguindo ou vai se desculpar por quase me esmurrar por causa de um ataque epilético? - ri -Senta aí, Stephen. - disse, dessa vez mais serena.
Tive a audácia em me aproximar dele para lhe retirar o capuz que cobria sua cabeça logo após me levantar, mas então sentei ao seu lado e me encostei no degrau seguinte, bufando em seguida. -Eu gosto de vir aqui, nas noites, me traz boas lembranças de como era o mundo a fora - sorri de canto abaixando um tanto a cabeça. Era estranho, estar desabafando minha dor alheia com um cara que mal conhecia. Mas eu sentia, ele era... Confiável. Mais que outros, por aí.
Don't think I could believe you

● ● ●


The only thing I feel is pain caused by absence of you
@maay - TPO
avatar
Wendy H. Wittelsbäch
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 75
Data de inscrição : 14/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Stephen C. Devonport em Qua Jul 22, 2015 9:21 pm



All hope is gone.
Permaneci de pé, ali a encarando percebendo que ela havia me notado. A garota parou de cantar para a felicidade de meus ouvidos e então começou a falar queria entender como ela havia me reconhecido com o rosto coberto por sombra, era meio que impossível apenas olho em meu olho ou então estava muito na cara pela forma como que me vestia. Certamente sua voz era mais agradável enquanto falava do que quando cantava, não parecia da mesma pessoa. Como se faz isso? Uma voz normal, de certa forma fofa e suave se transformar em algo parecido com um gato sendo atropelado lentamente por um trator, a minha sorte era que ela não podia ouvir pensamentos.

Ela se aproximou, de forma corajosa pelo que havia feito na última vez que havia nos encontrado e com muita ousadia segurou meu capuz, o tirando de meu rosto fazendo com que a sombra que o cobria caísse também, eu segurei sua mão, com certa força. Não era das pessoas mais carinhosas e não tinha muito controle da força que devia usar, eu senti sua pele quente quase dar um choque na minha extremamente fria quando a toquei o incrível era que havia gostado da sensação que senti mas a soltei devagar, me sentando no degrau. - Então, eu não vim me desculpar e nem estou te perseguindo...-
Falei baixo aproveitando que ela estava próxima, sentada ao meu lado. Ouvi a moça começar a falar sobre suas lembranças da vida antes da Oblivion e ela não parecia muito confortável ao tocar nesse assunto e eu fiquei imóvel, a olhando do meu lado não sabia o que dizer o fazer eu era daquela pessoas frias e que não se importava com os sentimentos dos outros mas eu estava me importando com suas palavras e o pior era que não fazia ideia do que fazer ou dizer pra que ela ficasse bem.
Em um ato impulsivo minha mão saiu do bolso do moletom se estendendo de forma vagarosa até o queixo da garota de cabeça baixa, sentindo sua pele fervente então levantei sua face e a virei pra mim fazendo ela olhar em meus olhos que não estavam mais cobertos por escuridão estavam normais. - Ér..Vai ficar tudo bem! Como falou, está a 5 primaveras. - Não me atrevi a sorrir, eu não sabia como fazer isso, então continuei a fitando com um olhar sério e frio retirando meus dedos de seu queixo.

 x  x
© mr. houdini



● ● ●


Take a last look around while you're alive
I'm an indestructible master of war
avatar
Stephen C. Devonport
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 28
Data de inscrição : 15/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
30/100  (30/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Wendy H. Wittelsbäch em Qua Jul 22, 2015 9:47 pm



PRAYER IN C
See our world is slowly dying I'm no wasting no more time, Hey, when seas will cover lands And when men will be no more Don't think you can forgive you Oh when there's just be silence And when life'll be over Don't think you'll forgive you

Eu ainda sorria, mesmo que minha alma não fizesse o mesmo eu precisava sair do contexto ta realidade, precisava tirar os pés do chão e voar um tanto para que os pensamentos ruins do passado voassem para longe de minha mente. Mordi o lábio inferior ao sentir sua mão tocando meu queixo. Ele parecia não saber lidar com pessoas que reclamam da vida, ele era mais do tipo durão, que não se fere por nada nem ninguém, gostava de ficar na dele. Sim, isso tudo dava para se perceber pelo jeito que ele se comportava. Não é a primeira vez que o vejo sem jeito. Na hora que pensei que Stephen iria esboçar um sorriso Colgate (nunca vi ele sorrir antes), mas bem pelo contrário. Continuou sério depois de tirar a mão de meu queixo. Aquele toque me dera um arrepio pelas costas.
-É... - falei, mais calma ainda, o fitando -Você parece nervoso... Tá tudo bem ou vai esmurrar algo de novo? - ri, brincando com ele -Brincadeira, Stephen. Tudo bem contigo? Precisa de algo? - falei, aproximando-me cada vez mais do moreno, estando tão próxima capaz de ver seus olhos reluzirem na luz da lua que entrava pela janela na parede, a única luz do local. Eram realmente lindos. Me lembravam tantas coisas, e me lembravam o céu. Que não o via a tantos dias, azul desse modo. Mas parecia que esse azul não duraria por tanto tempo.
Mordi o lábio inferior, em seguida sorrindo de canto -Eu... Desculpa pelo que vou fazer - ele parecia me atrair. Eu não acredito que estava fazendo aquilo. Eu mal o conhecia. Estava confusa. Levei minha mão esquerda ao seu rosto usando ela para o aproximar, por fim selando nossos lábios, dando rumo a um beijo intenso. Seu beijo. Tinha um sabor diferente, tipo daqueles "quero-mais". Que merda é essa que estou pensando? Será que eu estava tão carente a ponto de ficar pensando em coisa melada assim? -Eu estou confusa, desculpa, eu nem sei se você está livre eu só... - não conseguia completar a frase. Abaixei a cabeça, esperando quaisquer reação do moreno.
Don't think I could believe you

● ● ●


The only thing I feel is pain caused by absence of you
@maay - TPO
avatar
Wendy H. Wittelsbäch
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 75
Data de inscrição : 14/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Stephen C. Devonport em Qua Jul 22, 2015 11:38 pm



All hope is gone.
Eu realmente estava meio estranho, não sabia com certeza se era nervosismo mas apenas assenti com a cabeça quando a garota perguntou sobre estar bem e lembrando sobre eu quase ter lhe agredido aquele dia na festa, algo que não me orgulhava muito mas como havia dito, não me desculparia não era muito meu estilo pedir desculpas, mesmo sendo ela e mesmo tendo feito sem intenção de fazer. Ela voltou a falar comigo e eu acho que não seria muito legal eu não responder nada dessa vez, então eu a olhei novamente diretamente nos olhos dela. - Fique tranquila, estou ótimo dessa vez... - Eu disse afim de passar confiança a ela, coma voz firme pra que ela realmente acreditasse que eu estava bem. Eu não entendi muito bem quando ela me pediu desculpa por algo que faria meio que do nada, até então notar sua aproximação já esperada por mim e por fim sentir seus lábios enfervecidos tocarem os meus que era tomado pelo calor passado pelos dela iniciando um beijo lento e calmo, eu nunca havia beijado alguém e muito menos uma garota tão bonita quanto ela era. Eu já não estava me reconhecendo por pensar nas coisas que estava pensando. Eu a queria e não estava entendo como aquilo estava acontecendo, o que ela havia visto em mim alguém tão estranho. Enfim, ela findou o beijou tentando se explicar pelo que tinha acabo de fazer e estava sendo um tanto engraçado presenciar aquilo. Ela tão durona aparentemente pelo menos. Eu a fitei novamente respirando fundo, eu não sabia também o que dizer a ela mas eu a calei colocando o dedo indicador sobre seus lábios, tinha visto isso em um filme ai. - Não fala nada! - Minha mão se pousou no rosto dela e impulsivamente eu a puxei para perto me encostando no degrau da arquibancada e então eu encostei nossos lábios novamente iniciando lentamente outro beijo.


 x  x
© mr. houdini



● ● ●


Take a last look around while you're alive
I'm an indestructible master of war
avatar
Stephen C. Devonport
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 28
Data de inscrição : 15/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
30/100  (30/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Wendy H. Wittelsbäch em Qui Jul 23, 2015 12:04 am



PRAYER IN C
See our world is slowly dying I'm no wasting no more time, Hey, when seas will cover lands And when men will be no more Don't think you can forgive you Oh when there's just be silence And when life'll be over Don't think you'll forgive you

Seu toque novamente, eu o senti. Sua mão quente me aproximou dele, ao mesmo tempo que falava para eu me calar. E eu o obedeci. Acho isso um tanto raro de ocorrer, geralmente eu era "A Rebelde sem causa", "A fora das regras". Pois é. Essa atração estava atrapalhando talvez a minha reputação? Bufei, fazendo os pensamentos voarem para longe ao mesmo tempo em que mordi meu lábio inferior a olhar os olhos claros de Stephen. Ah, esses olhos. O moreno me puxou para um beijo, dessa vez com mais voracidade, com menos timidez e mais coragem. Aceitei a proposta, logo o empurrando até ficar no colo dele a entrelaçar minhas pernas por volta de sua cintura, envolvendo meus braços em seu pescoço ao mesmo tempo arranhando suas costas.
Já sabia o que aquilo significava. O beijo, a medida em que esquentava comecei a tirar a camiseta, portando um sutiã de renda preta. Comecei a percorrer seu pescoço dentre beijos e mordidas de leve, enquanto sentia sua mão percorrer minhas costas me dando uma sensação de prazer, uma sensação extremamente boa, e logo voltei a sua boca, voltando ao beijo, dessa vez mais intenso e ficando cada vez mais quente a cada segundo que passava. Quando percebi, eu acariciava seu cabelo enquanto ia roçando e começando a sentir seu membro.
Eu já havia visto aquele filme. Nós transamos e no final da noite dormimos, depois na prisão fingíamos não nos conhecer. Mas não era isso que eu queria para nós. Sim, eu queria que essa palavra existisse. Se ele iria querer eu não sabia, mas eu precisava arriscar. Precisava saber. Eu nem sei direito o que ele viu em mim para aceitar o meu beijo, de forma fácil, sem exitar. Queria descobrir, mas por enquanto minha missão era terminar bem aquela noite.
Don't think I could believe you

● ● ●


The only thing I feel is pain caused by absence of you
@maay - TPO
avatar
Wendy H. Wittelsbäch
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 75
Data de inscrição : 14/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Stephen C. Devonport em Qui Jul 23, 2015 12:48 am



All hope is gone.
As ações da morena desencadearam em mim uma sensação nova, era estranho a forma como me sentia ao estar com ela, pelo menos pra mim. Aquilo que estava acontecendo era tudo muito novo, eu poderia dizer que estava com medo, mas não eu não sentia medo, não era medo era outra coisa, me fazia duvidar de mim mesmo, de quem eu era e quem me tornei ou me tornaria depois daquela noite e as mesmas chances que isso poderia me deixar vulnerável e fraco eu sabia que também me podia me fortalecer de alguma forma, afinal eu me sentia bem com a companhia dela, ela passava confiança, era decidida e ter alguém assim por perto seria no mínimo interessante.
Continuamos a nos beijar enquanto eu notava a moça sentar em meu colo, talvez com a intenção de me provocar, mas com certeza apenas isso não daria certo. Minhas mãos envolveram sua cintura segurando ali com certa firmeza, enquanto no beijo envolvia minha língua, esperava estar fazendo tudo certo, algumas coisas eu não fazia ideia. Percebi ela tirar sua blusa então eu ajudei não deixando de reparar em seus seios, confesso que assim, daquele jeito nunca havia visto pessoalmente e seu sutiã preto chamava muito a minha atenção. Eu a segui lentamente tirando minha camisa e então minha boca sem raciocinar se perdeu em seu pescoço, dando beijos e mais beijos ali em seguida voltando para sua boca novamente a beijando sem pressa, estranhamente eu queria que aquela noite não acabasse, que a hora não passasse. Minhas mãos percorreram as costas da garota a explorando cada canto sentindo em mim a sensação de excitação, de desejo uma forma que não havia sentido antes por ninguém e tudo isso que era novo pra mim tinha certeza que pra ela não era. Eu deitei a garota na arquibancada ficando por cima da mesma, depositando o peso sobre meus braços que me seguravam apoiados ao lado dela. Mordi seu lábio findando o beijo deslizando mais uma vez ao seus pescoço dando uma outra mordida ali, descendo um pouquinho mais, respirando fundo tentando respirar normalmente. Estava um pouco ofegante.

 x  x
© mr. houdini



● ● ●


Take a last look around while you're alive
I'm an indestructible master of war
avatar
Stephen C. Devonport
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 28
Data de inscrição : 15/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
30/100  (30/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Wendy H. Wittelsbäch em Qui Jul 23, 2015 11:19 pm



PRAYER IN C
See our world is slowly dying I'm no wasting no more time, Hey, when seas will cover lands And when men will be no more Don't think you can forgive you Oh when there's just be silence And when life'll be over Don't think you'll forgive you

Aquela noite seria guardada em minhas lembranças como nenhuma outra fora. A mão gélida de Stephen percorria minhas costas deixando-me arrepiada ao todo, enquanto o ajudava a tirar sua camisa, mordi o lábio inferior vendo aquele corpo, que essa noite pertenceria apenas a mim. E era preciso que eu aproveitasse, ao máximo aquela sensação de prazer e confiança que o moreno me trazia. O clima frio agora fora deixado para o passado. Estava pior que o inferno de tão quente ali. Não entendia bem o porque dele estar exitando em tirar as roupas e bem... Ah. Dava pra entender o que estávamos prestes a realizar, em pleno Ginásio. E a luz do dia nos encontraríamos pelados com um Sentry a nos olhar. É.
Enquanto os pensamentos voavam como um trem bala por volta de minha mente, eu o queria cada vez mais perto. Ao sentir seus beijos em meu pescoço deixei escapar um rápido gemido, enquanto suspirava sentindo o prazer que cada vez mais ele me dava. Mordia os lábios vorazmente enquanto ele continuava a beijar meu pescoço, indo cada vez mais para baixo, enquanto uma de minhas mãos arranhavam suas costas e a outra acariciava seu cabelo, de vez em quando o puxando levemente, querendo guiá-lo Para onde ir ou não ir.
Agora era minha vez. Ele voltava a minha boca, começando um intenso beijo, e eu o pausei -Calma - sorri, ofegante, o empurrei um tanto até ficar finalmente em pé, mordendo o lábio inferior a tirar a minha calça enquanto o fitava, por fim ficando apenas com uma calcinha preta de renda cujo combinava com o sutiã, logo esboçando um sorriso e o empurrando, ficando por de cima dele, voltando a um beijo que esquentava cada vez mais. Eu voltava a roçar por de cima dele, sentindo meus peitos encostarem em seu peitoral a todo instante. Achei uma mão de Stephen e entrelacei nossos dedos, enquanto o beijo continuava.
Don't think I could believe you

● ● ●


The only thing I feel is pain caused by absence of you
@maay - TPO
avatar
Wendy H. Wittelsbäch
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 75
Data de inscrição : 14/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Wake me up inside /+18

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum