[FP] Devonport, Stephen

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Devonport, Stephen

Mensagem por Stephen C. Devonport em Ter Jun 16, 2015 12:18 am

Stephen Devonport
UMBRACINESE | 19 ANOS | FRANÇA | TROUBLEMAKER | HETEROSEXUAL
Step inside, see the devil in I!
personality

Bastante complicada, a personalidade do garoto não tem uma definição ao certo. Sempre foi chamado pelos outros e por sua própria avó de esquisito. Stephen é um cara bem desconfiado e está sempre pensando antes de fazer algo, mas sim, algumas vezes impulsivo não conseguindo se controlar. Sempre com a cara fechada não se lembra da ultima vez em que deu um sorriso, é um jovem frio e perverso, egoísta e ignorante. Já não sabe mais se ainda possuiu algum sentimento bom dentro de si.
life story
Stephen nasceu de uma gestão com várias complicações, prematuro com sete meses tendo alguns problema de saúde ficando no hospital até completar um ano. Sua mãe, Angelline morreu em seu parto então sua avó materna assumiu a guarda da criança o criando fazendo de tudo para que ele crescesse bem e com uma boa saúde. Stephen se apegou muito a idosa por ser a unica família que tinha, pelo menos era o que ela dizia. A senhora sempre contava como suas amigas do clube do livro o achavam bonitinho e fofo mas o garoto sempre foi meio enjoado e não gostava muito de melação.

Stephen cresceu, frequentava regularmente o colégio tendo notas boas e fazendo tudo o que devia ser feito, ignorando comentários dos ''valentões'' que o chamavam de nerd. Concluiu o fundamental e o médio com facilidade aos 16 anos. E nessa idade foi onde sua vida se tornou definitivamente um caos. Havia arrumado um emprego para ajudar nas despesas umas duas quadra de onde morava em um mercadinho simples. Ao encerrar seu expediente o garoto voltava pra casa de forma tranquila com passos largos, afim e tomar um banho e descansar. Chegou, e viu o portão velho caído e torto já estranhando. Era por volta das onze horas da noite e o garoto decidiu entrar e avistou a porta de madeira ao chão e então ouviu um estrondo, o que parecia uma arma disparando, Stephen correu e na sala coberta de sangue no tapete barato estava Elizabeth, com buraco na testa. O garoto foi as lágrimas, lamentando a horrível morte da avó até que ouviu passos que vinham do fundo da casa, parecia ser 3 ou mais pessoas correndo. Stephen se levantou e correu enxugando as lágrimas com blusa que vestia. Estava furioso, com tanto ódio que não fazia ideia do que podia fazer se alcançasse-os.
Porém houve um problema, eram três contra um e quando perceberam isso pararam de correr e vieram em sua direção. Um o segurou pelos braços, outro lhe deu um soco no estômago fazendo com que cuspisse um pouco de sangue enquanto o terceiro lhe acertou no rosto com um taco de beisebol, ocasionando um corte no supercílio esquerdo o deixando grogue com a força do golpe. Os três o levaram para um beco, não muito longe dali, o soltaram no chão e o desferiram vários chutes até cansarem. Stephen podia ouvir suas risadas estava com raiva, o ódio tomava seu corpo crescendo dentro de si cada vez mais. Disse baixo cuspindo sangue. - Vocês... a Ma-mataram...- Sentiu fluir uma energia que nunca havia sentido antes, na verdade já havia, mas não com tamanha intensidade, uma sobra rodeava o corpo do garoto e ao olhar seu reflexo em uma possa de água ao lado, viu seus olhos completamente escurecidos. - Não terei piedade de suas almas...- Disse ainda gaguejando um pouco. O garoto se levantou e com dificuldade e nesse momento uma explosão aconteceu, uma energia escura se projetou através de si arremessando os três para longe. Um deles bateu a cabeça com força na parede do beco, a rachando fazendo seu cérebro pular, outro caiu em cima de um barra de aço que o atravessou e o terceiro que estava com o taco apenas jogado para longe quebrando a perna na queda. Stpehen não tinha mais controle sobre seu corpo, parecia em transe, uma máquina que mataria a qualquer custo, mas se sentindo ótimo, sensação de força de que finalmente estava realmente vivo estava sendo delicioso para o jovem que começou a caminhar até o rapaz no chão que o implorou por misericórdia. Mas ele já não o ouvia, não prestava atenção em suas palavras, apenas estendeu a mão e do chão uma sombra se tornou sólida e atravessou a cabeça do homem no chão, que morreu imediatamente.
Não muito satisfeito mas se sentindo incrível, Stephen saiu do beco, indo para o meio da rua e então sentiu uma picada no pescoço e uma enorme vontade de dormir. Caiu de joelhos, seus olhos voltaram na coloração normal e então caiu deitado, notou uma van se aproximando, a única coisa que conseguiu ver foi homens vindo até ele e ler "Oblivion" no automóvel. Então apagou.

delict
Levado por ser culpado pelo assassinato de três homens em beco escuro de Paris.

Gabriel | 18 anos | MP

● ● ●


Take a last look around while you're alive
I'm an indestructible master of war
avatar
Stephen C. Devonport
Troublemaker
Troublemaker

Mensagens : 28
Data de inscrição : 15/06/2015

Ficha do prisioneiro
Nível: 1
Experiência:
30/100  (30/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Devonport, Stephen

Mensagem por Donna Ivanovich Dzerjínsk em Ter Jun 16, 2015 1:05 am


Aprovado


Um rapaz sem coração, não se importando com o que pensam dele. Fechado para opiniões alheias e um ser humano frio. Que personalidade interessante. Além disso, um assassino. Que mal exemplo mocinho.
Bem vindo a Oblivion.


● ● ●


 
avatar
Donna Ivanovich Dzerjínsk
The command
The command

Mensagens : 23
Data de inscrição : 21/01/2015
Localização : Oblivion.

Ficha do prisioneiro
Nível: 10
Experiência:
100/100  (100/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum